Histórico do AEL

O Arquivo Edgard Leuenroth (AEL) iniciou suas atividades em 1974 com a chegada da coleção de documentos impressos reunidos por Edgard Leuenroth, pensador anarquista, militante das causas operárias, linotipista, arquivista e jornalista por ofício e paixão. Tais fontes foram adquiridas a época pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para constituir um centro de documentação que possibilitasse acesso às fontes primárias necessárias aos trabalhos do então recém-criado programa de pós-graduação do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp.

Ao longo de sua história, o AEL vem cumprindo seus objetivos de atender a demanda acadêmica e preservar registros históricos da sociedade. Além do acervo que o originou, recebeu outros tantos ligados à história social, política e cultural do Brasil e da América Latina, tais como: história do trabalho e da industrialização, do movimento operário, da esquerda, dos partidos políticos, da cultura e dos intelectuais, da questão agrária, dos direitos humanos e justiça, da imprensa, da opinião pública, dos movimentos sociais, da saúde e da antropologia. Nos últimos anos, o Arquivo incorporou documentos referentes a novas temáticas, como a história da colonização na América Latina, Ásia e África, expressando o desenvolvimento e a diversidade das pesquisas no IFCH/Unicamp.

Além dos suportes documentais tradicionais, disponibiliza coleções em filme (microformas) reproduzidas de arquivos e bibliotecas de instituições brasileiras, americanas e europeias. Em resposta às demandas criadas pela expansão de seu acervo e pelo crescente número de usuários, a instituição investiu na qualificação do corpo técnico, na aquisição de leitoras digitalizadoras, na ampliação das instalações físicas da sua nova sede e implantação do AEL Digit@l.

O pesquisador do AEL pode contar com um instrumento de pesquisa on-line (Pesquisarqh) para acessar o acervo da instituição e conhecer, de antemão, se os documentos existentes serão úteis para sua pesquisa, além dos instrumentos em papel e digitalizados produzidos pela equipe técnica da instituição.
 
Veja texto da profa. Walnice Galvão sobre o Arquivo - Download do texto.