AEL Digit@l

O projeto AEL Digit@l - em andamento no Arquivo Edgard Leuenroth/IFCH/UNICAMP desde fevereiro de 2011 - visa à preservação e à ampliação das possibilidades de informação e pesquisa em seu acervo.

Neste projeto, ressaltamos o importante apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) que viabilizou a criação de um Laboratório de Digitalização no AEL e a infraestrutura básica para o armazenamento dos documentos digitalizados através do projeto Arquivo Edgard Leuenroth: Digitalização e acesso on-line visando a preservação e a ampliação das possibilidades de informação e pesquisa em seu acervo, processo número 2009/54934-9.

O que você deve saber antes de realizar seu cadastro:

  • Os usuários cadastrados no site antigo, deverão se recadastrar no novo site. O recadastramento é fundamental para completar e atualizar o cadastro dos usuários do AEL Digit@l.
  • Ao efetuar o login no AEL Digit@l, os conjuntos documentais disponíveis para download serão apresentados no menu lateral esquerdo. Basta acessar o conjunto desejado para ter as informações necessárias e acesso aos documentos digitalizados.
  • Parte dos documentos digitalizados pelo projeto AEL Digit@l não estão disponíveis no site por questões legais ou por estarem em processamento técnico. Estes podem ser acessados diretamente na sede do AEL.
  • O AEL Digit@l permite acessar e fazer os downloads dos documentos digitalizados, porém os instrumentos de pesquisa - que auxiliam pesquisa - estão disponíveis de diversas formas. Alguns em formato pdf e outros no Sistema Informatizado PesquisArqH.
  • Cadastros incompletos ou inconsistentes podem ser excluídos pelo administrador do AEL Digit@l. A identificação completa no cadastro do usuário é fundamental para garantir a correta identificação dos pesquisadores e a estatística de uso dos documentos digitalizados.
  • Os documentos disponíveis no AEL Digit@l estão em baixa resolução para facilitar o seu download. Os documentos em alta resolução poderão ser acessados e reproduzidos somente nas dependências do AEL mediante preenchimento e assinatura do Termo de Resposabilidade.
  • Por questões de segurança alguns documentos do AEL Digit@l poderão ficar indisponíveis durante finais de semana prolongados e recessos acadêmicos. Normalmente os servidores que armazenam estes documentos são desligados nestes períodos.
  • Por orientação da Procuradoria Geral da Universidade (Despacho PF n. 4891/2011 - Parecer PF n. 1979/2011 - Registro PG n. 14.587) informamos que as atividades do AEL são restritas ao acesso à documentação que custodia e não à autorização de uso da imagem produzida a partir do processo de digitalização. Qualquer pessoa pode reproduzir documentos do acervo do AEL Digit@l para fins acadêmicos, porém, caso haja uso indevido da reprodução, o mesmo será responsabilizado.

Conjuntos documentais disponíveis - totalmente ou parcialmente - em meio digital:

  • Archives of the Feltrinelli Institute - Totalmente digitalizado.
  • Brasil Nunca Mais - Totalmente digitalizado.
  • Carioba - Totalmente digitalizado.
  • Comitê Brasileiro para Anistia - Documentos textuais totalmente digitalizados.
  • Curtume Brasil - Totalmente digitalizado.
  • Edgard Leuenroth - Jornais, folhetos, cartões postais e fotografias totalmente digitalizados.
  • Francisco Gaona - Totalmente digitalizado.
  • Fundación Pluma - Documentos textuais parcialmente digitalizados.
  • IBOPE - Parcialmente digitalizadas. Aproximadamente 90% do total Inventariado.
  • Internacional Comunista - Totalmente digitalizado.
  • Periódicos - Parcialmente digitalizados a partir de microfilmes (MR). Consulte relação completa em http://www.unicamp.br/sahu/ no Sistema Pesquisarqh.
  • Maurício de Lacerda - Totalmente digitalizado.
  • Peter Eisenberg - Microfilmes parcialmente digitalizados.

Para ter acesso aos documentos digitalizados basta cadastrar-se no link “Criar nova conta”, localizado na coluna à esquerda da página e preencher o formulário.